Topo
Coworking

Coworking

Compra de startup de check-up de asma reforça foco da Apple em saúde

Coworking

2009-06-20T19:04:00

09/06/2019 04h00

Segundo CNBC, a Apple comprou a Tueo Health, startup californiana com uma ferramenta em desenvolvimento para monitorar sintomas de asma em crianças. A tecnologia, trabalhada junto com sensores respiratórios comerciais, é usada durante os sonos dos pequenos e emite um alerta para os pais e responsáveis caso a respiração mude. É uma nova forma de controlar e reunir informações sobre a doença.

A aquisição não foi anunciada pela Apple, mas duas mudanças de empregos em perfis no LinkedIn indicam que ela ocorreu. Os cofundadores da Tueo Health, Anura Patil e Bronwyn Harris, trocaram seus locais de trabalho na rede social para "Apple" no final de 2018.

Como a Apple sequer confirmou o negócio, não se sabe quanto a startup custou. No entanto, a Tueo Health levantou US$ 1,1 milhão em financiamento em 2017.

A Maçã vem se mostrando interesse cada vez maior em oferecer recursos de saúde avançados por meio de seus produtos. Podemos observar isso no Apple Watch Series 4, lançado recentemente, que traz a função de eletrocardiograma e de detecção de quedas.

Em conferência na WWDC 2019, na última segunda-feira (3), a Apple apresentou mais novidades na área da saúde que chegarão na nova versão do sistema operacional do relógio inteligente. O novo recurso Cycle Tracking, por exemplo, oferece às mulheres um controle do ciclo menstrual. Nele é possível registrar as informações e verificar quando será a próxima janela fértil. O Cycle Tracking estará disponível também no app Saúde no iPhone com o iOS 13.

Além disso, a Apple lançou uma função para a manutenção da saúde auditiva. O Noise mostra os níveis de som em diversos ambientes, como eventos esportivos e shows, que podem afetar negativamente a audição.

Antes da Tueo Health, a Apple já havia realizado duas aquisições de empresas do ramo da saúde. Uma foi em 2016, com a compra da startup Gliimpse,  que havia desenvolvido uma tecnologia para agregar registros médicos. A outra empresa incorporada, esta em 2017, foi a Beddit, fabricantes de sensores de sono. A empresa também tem um kit de desenvolvimento de software chamado HealthKit, que permite a outros apps acessarem dados de monitoramento da saúde dos usuários.

Tim Cook, executivo-chefe da Apple, disse à CNBC que a empresa compra uma nova startup a cada poucas semanas e que acha que a assistência médica será "a maior contribuição da Apple para a humanidade".

Sobre o Blog

Soluções para uma vida cada vez mais complicada. É isso que jovens empresas da tecnologia buscam, mas nem todas conseguem "mudar o mundo" como prometem. Este espaço do UOL Tecnologia é para contar essas novidades e também alguns fracassos que nos ensinam a seguir e melhorar.