Topo
Coworking

Coworking

IA é aposta de startup para tratar 20 doenças mais negligenciadas do mundo

Coworking

28/07/2019 04h00

Mario Mendes atuou no continente africano durante duas décadas. Seu foco era minimizar o impacto que as doenças negligenciadas geram no continente. Durante esse tempo, observou que os maus hábitos de higiene e a falta de informação são as grandes responsáveis pelas enfermidades encontradas em muitos países pobres.

Foi assim que ele decidiu desenvolver uma plataforma na startup InBot para ajudar nessa causa. Entretanto, só foi possível a criação da Dr. Wilson quando Mario fez conexões no Inovabra Habitat. "Optamos por lá desde a gênesis pelo Inovabra integrar um ecossistema de mais de 200 mil pessoas com respeito ao multiculturismo, diversidade e empreendedorismo, pilares fundamental para qualquer startup que possui anseios de se tornar global, como é o caso do DrWilson", conta Mario Mendes.

A Dr. Wilson é um assistente virtual e usa de inteligência artificial para conversar e tirar dúvida sobre higiene e saúde. O propósito é fornecer informações sobre a transmissão, os sintomas, o diagnóstico, o tratamento e a prevenção das 20 doenças mais negligenciadas do mundo.

Além disso, outros temas também são abordados, como preservação de água e energia. A conversa com os usuários é feita a partir do site – podendo se adaptar para smartphones – ou nas plataformas do Facebook, Twitter e Google Assistente.

O sistema usa de Tecnologia de Fala para Texto (STT), ou seja, é capaz de transformar a fala dos usuários em texto e vice-versa.

Uma função interessante que a Dr. Wilson possui é a capacidade de mapear possíveis focos de epidemias por meio de big data e, assim, disponibilizar os dados aos agentes de saúde para que a população afetada receba ajuda.

Para que a plataforma funcione, a startup de mesmo nome mantém um relacionamento com médicos especializados em infectologias e prevenção de doenças, além de uma curadoria do fluxo de conversa do aplicativo, mantendo-o sempre a atualização de conteúdos.

O sistema vem sendo usado no Brasil, Angola, Cabo Verde, Moçambique e Haiti. A plataforma está disponível nos idiomas: português, inglês, francês, espanhol e crioulo haitiano.

A meta da Dr. Wilson é que a plataforma salve a vida de 20 mil crianças em três anos. Pretende também ser o maior programa de aconselhamento para gestão de águas e cidades, além de combate a doenças em pessoas negligenciadas. Outro objetivo é ser a primeira plataforma a abordar informações sobre o HTLV, vírus mais forte do HIV.

A Dr. Wilson conta hoje com mais de 13 mil usuários atendidos em 2019 e mais de 153 mil conversas através de diversos canais, uma média de 730 por dia. A plataforma já abordou mais de 34 mil conteúdos sobre diversos tipos de assuntos e informações de prevenção de mais de 322 tipos de doenças.

Sobre o Blog

Soluções para uma vida cada vez mais complicada. É isso que jovens empresas da tecnologia buscam, mas nem todas conseguem "mudar o mundo" como prometem. Este espaço do UOL Tecnologia é para contar essas novidades e também alguns fracassos que nos ensinam a seguir e melhorar.