Topo
Coworking

Coworking

Conheça três startups que se lançaram no desafio de crescer no interior

Coworking

25/08/2019 04h00

Segundo ranking feito pela 100 Open Startups, as cidades do interior e as capitais do Sul vêm agregando esse perfil de empresa que desenvolve inovações tecnológicas.

A interiorização das startups se dá principalmente quando estão próximas a parques tecnológicos, universidades ou grandes clientes. Entretanto, é preciso aprender a lidar com a escassez de recursos financeiros e os desafios para recrutar talentos. A0final, são nos grandes centros que se encontram fundos de investimentos local, aceleradoras, incubadoras e forte networking.

Porém, muitos empreendedores deixam o medo e os desafios de lado para criarem suas empresas em cidades menores. Como é o caso das startups a seguir.

Hiper

Nascida em Brusque, cidade do interior catarinense, a Hiper é responsável pelo Hiper Gestão, software capaz de monitorar do estoque até a frente de caixa de um comércio, além de proporcionar adequação fiscal, emitindo notas e transferindo dados para a contabilidade. Recentemente, a startup foi adquirida pela Linx em um valor que pode chegar a R$ 50 milhões.

"Temos muito orgulho do trabalho que desenvolvemos na cidade e do nosso time. Conseguimos trazer muita gente boa e acabar com a síndrome de vira-lata, de que só há profissionais qualificados nos maiores centros. É claro que também atraímos mão de obra de outros estados", conta Tiago Vailati, executivo-chefe da Hiper.

Com ex-funcionários da Havan como fundadores, a Hiper conta com mais de 100 funcionários e mais de 15 mil clientes, estando presente em quase 2 mil cidades do país.

Unifique

Fundada em Timbó, cidade localizada a 180 quilômetros de Florianópolis, em 1997, Unifique é uma telecom que, uma década depois de seu início, passou a investir em redes de fibra ótica. Hoje, a startup está presente em 116 cidades de Santa Catarina e cresce 30% ao ano.

De acordo com a última pesquisa de satisfação realizada pela ANATEL, a Unifique foi a operadora de banda larga fixa de Santa Catarina melhor avaliada pelos usuários.

Effecti

Em Rio do Sul, cidadezinha com apenas 60 mil habitantes, fica a sede da Effecti, empresa especializada em desenvolver soluções de automação para fornecedores de licitações. A startup cresceu completamente por bootstrap, ou seja, sem receber nenhum aporte. Hoje conta com mais de mil clientes e se encontra em todo o Brasil.

"Estar no interior não é um fator limitante para gente. Conseguimos crescer e escalar nossa solução, pois identificamos um problema no mercado que nosso produto resolve. Não adianta estar em um grande centro e ter um produto que não impacta de verdade a vida das pessoas", conta Fernando Salla, executivo-chefe da Effecti.

Sobre o Blog

Soluções para uma vida cada vez mais complicada. É isso que jovens empresas da tecnologia buscam, mas nem todas conseguem "mudar o mundo" como prometem. Este espaço do Tilt é para contar essas novidades e também alguns fracassos que nos ensinam a seguir e melhorar.

Mais Coworking